sexta-feira, 30 de julho de 2010

PEIXE AO PERFUME DE CAFÉ


E para concluir o mês de julho, mais uma receita fora do comum: Peixe ao perfume de café.
Mais uma combinação que pode parecer extravagante, mas de sucesso. Experimentem!

Ingredientes:

8 postas de cação
2 dentes de alho picados
3 tomates maduros e sem pele
3 batatas medias e fatiadas
1/2 xícara (de chá) de vinho branco
Um punhado de azeitonas verdes
1 xícara (de chá) de azeite
1 xícara (de chá) de água quente
1 pitada de orégano
Sal
Pimenta do reino
Alecrim

Preparação:

Tempere as postas com o sal e a pimenta, o alho, o orégano e o alecrim. Reserve. Prepare o café com a água quente e reserve. Unte uma assadeira com azeite e coloque as postas já temperadas. Distribua os tomates, as batatas e as postas de cação, formando mini torres. Acrescente as azeitonas. Regue com o restante do azeite, o café e o vinho. Cubra com papel alumínio e leve ao forno médio, já preaquecido por 40 minutos. Retire o papel e deixe dourar ligeiramente. Sinta o perfume do café e sirva...

quinta-feira, 29 de julho de 2010

ESPETINHOS DE MELANCIA FRITA COM YOGURTH E HORTELÃ


Uma noite sonhei que estava preparando uma sobremesa muito particular: estava fazendo espetinhos fritos de melancia! Mas como poderia fritar a melancia? ...finalmente depois de vários tentativos consegui e ficou boa! Prepare esta sobremesa exótica mas de sucesso surpreendente. Um conselho: para ficar mais saborosa, precisará de 2 dias de preparo.

Ingredientes:

1 fatia de melancia
1 ramalhete de hortelã
1 colher (de sopa) de manteiga
2 copos de vinho Porto
2 copos de Yogurth branco

Preparação:

Corte a melancia em cubos. Tire todas as sementes e coloque em um pote com o vinho Porto. Reserve na geladeira por um dia.
No dia seguinte coloque o yogurth no liquidificador com bastante folhas de hortelã. Bata e reserve. Pegue os cubos de melancia e coloque em uma frigideira quente, onde já derreteu a manteiga. Cuidado a não queimar ou deixar preta a manteiga. Faça dourar os cubos de melancia virando-os em cada lado.
Pegue um palito, que normalmente se usa na confecção de espetinhos de carne, e comece a colocar os cubos de melancia, alternando com folhas de hortelã.
Pegue um prato raso e coloque o yogurth, bem frio. Sobre este "leito" de yogurth posicione os nossos espetinhos de melancia, ainda mornos e... surpreenda os seus convidados!

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Torre de Merengue com caramelo


Esta é uma sobremesa muito gostosa que precisa um pouco de atenção, mas não é difícil. Para facilitar a explicação e a preparação vou dividir em partes.

Ingredientes:

Calda:
1 xícara e meia (de chá) de açúcar
1/2 xícara (de chá) de água
1 xícara (de chá) de amêndoas sem pele

Merengue:
1/2 xícara (de chá) de açúcar
6 claras
1 pitada de sal

Creme:
1 xícara (de chá) de leite
1/2 xícara (de chá) de açúcar
2 colheres (de café) de essência de baunilha
9 gemas

Caramelo:
1/2 xícara (de chá) de açúcar
1/2 xícara (de chá) de água

Para a decoração:
1/2 xícara (de chá) de amêndoas fatiadas e sem casca

Preparação:

A Calda: cozinhe o açúcar e a água , em fogo baixo, até obter uma calda. Junte as amêndoas, deixe escurecer e espalhe numa superfície untada com manteiga. Quando estiver frias, quebre e passe no processador.

O Merengue: aqueça o forno em temperatura baixa. Unte uma forma e polvilhe com açúcar. Na batedeira bata as claras e o sal. Adicione o açúcar e bata até obter uma massa firme. Junte sei colheres de calda. Encha três quartos de algumas forminhas e depois asse em banho-maria por 20 minutos.

O Creme: bata as gemas com o açúcar. Junte o leite, batendo e leve ao fogo baixo, mexendo até engrossar. Tire do fogo e misture a baunilha. Passe na peneira e esfrie numa tigela com água e gelo. Desenforme os merengue num prato e polvilhe com as amêndoas. Acrescente o creme e deixe na geladeira.

O Caramelo: cozinhe o açúcar e a água em fogo alto mexendo até escurecer. Coloque sobre os merengues e sirva.

PÊSSEGOS GRATINADOS


Confúcio sustentava que o florescimento do pêssego era um símbolo de renovação e de rejuvenescimento, então com esta sobremesa desejo que alcancem todos estes votos do antigo Mestre...

Ingredientes:

4 pêssegos maduros
2 colheres (de sopa) de creme de leite com 5 gotas de suco de limão
4 colheres (de sopa) de vinho branco doce
1 xícara (de chá) de amêndoas laminadas
1 colher (de sopa) de manteiga
1 colher (de sopa) de mel
Para a decoração:
1 cestinha de frutas vermelhas
1 colher (de sopa) de açúcar de confeiteiro

Preparação:

lave bem os pêssegos e tire os cabinhos. Corte-os ao meio e tire os caroços. Disponha-os no fundo de uma travessa refrataria untada com a manteiga, com a polpa virada para cima. Em uma tigela emulsione o mel com o creme de leite e despeje o molho obtido sobre os pêssegos.
Regue com o vinho e polvilhe com as laminas de amêndoas. Leve a travessa ao forno preaquecido a 170⁰C e asse por 25 minutos. Retire do forno e deixe resfriar.
Para a decoração: lave as frutas vermelhas e distribua nos pratos juntos os pêssegos. Polvilhe tudo com o açúcar de confeiteiro. Sirva morno... Buon appetito!

FILÉS DE ROBALO RECHEADOS


Ingredientes

1 kg de filés de robalo
2 xícaras (de chá) de migalhas de pão
2 colheres (de sopa) de salsa picada
4 fatias de bacon picadas
1 cebola picada
2 colheres (de sopa) de azeite de oliva
Sal e pimenta do reino

Preparação:

Aqueça o forno em temperatura media. Unte uma assadeira com azeite. Misture bem todos os ingredientes. Corte os files de robalo em quadrados de aproximamente 8 centímetros. Coloque o sal e a pimenta. Disponha metade dos filés lado a lado na assadeira. Reserve meia xícara do recheio e distribua o restante sobre os filés.Cubra com o peixe restante, apertando bem. Polvilhe com o recheio reservado e regue com o azeite. Asse por 40 minutos até que o peixe possa ser espetado com um garfo, ou o robalo se solte em lascas. Sirva...

terça-feira, 27 de julho de 2010

ARROZ COM AMÊNDOAS


Prato típico da culinária chinês muito fácil e rápido na preparação.

Ingredientes para 4 pessoas:

300 g de arroz
250 g de camarão
100g de amêndoas (sem casca)
50 g de manteiga
1 alho-porro
1 abobrinha
1 pimenta vermelha
Sal

Preparação:

Cozinhe o arroz em água salgada até que seja "al dente". Tire completamente a água e coloque em uma tigela. Limpe e fatie o alho-porro e a abobrinha. Pique grosseiramente as amêndoas.
Em uma frigideira grande derreta a manteiga sem que fique escura, acrescente o aipo, alho, a abobrinha, a pimenta picada, as amêndoas e os camarões.
Misture bem com uma colher de pau e cozinhe em fogo alto por alguns minutos até que o camarão estiver quase cozido.
Acrescente o arroz já cozido, o sal e misture refogando por alguns minutos. Sirva quente em porções individuais.

domingo, 25 de julho de 2010

POLPETONE RECHEADO


Prato típico da culinária italiana o "Polpettone ripieno" é uma opção muito gostosa para oferecer a amigos durante os seus almoços ou jantares.
Fácil na preparação, pode ser preparado com antecedência e se sobrar guardado por alguns dias na geladeira... Buon appetito!

Ingredientes:

300 g de carne moída
Sal e pimenta a gosto
1 dente de alho pequeno picado
1/2 cebola pequena picada
1 colher sopa de salsinha picada
1 colher de farinha de rosca embebida em 1/3 de xícara de leite
1 xícara (de chá) de farinha de trigo
2 ovos (já cozidos)e 1 cru
Presunto (melhor se é cru)
1 cenoura
4 fatias de queijo mussarela
2 xícaras de molho já pronto de tomate

Preparação:

Em uma tigela adicione a carne, a cebola, o alho e salsinha e tempere a gosto.
Adicione um ovo e devagar a farinha de rosca embebida no leite, vá colocando aos poucos a farinha de trigo até que a massa fique homogênea e macia.
Molhe as mãos levemente em água, pegue a carne e abra na mesa. Coloque dentro a mussarela, o presunto, os ovos cozidos, a cenoura. Feche fazendo um rolo. Compacte bem para que o nosso "polpettone" não se abra.
Já com o óleo quente frite apenas para selar. Coloque no forno e cozinhe por cerca 30/40 minutos a temperatura media. Quando estiver pronto poderá fatiar o polpetone, tendo cuidado que não desmanche.
O polpetone pode ser mergulhe em uma panela com molho de tomate antes de ser fatiado ou depois que estiver em fatias, você poderá colocar acima uma colher de molho de tomate.

sábado, 24 de julho de 2010

PARAFUSOS COM PIMENTÃO E ALICI


Receita que combina o aroma do mar com os sabores quentes da terra. É um prato gostoso para saborear todo o ano.

Ingredientes:

350 g de massa tipo Parafusos
100 g de tomates cereja (em pedaços pequenos)
60 g de alici picadas
4 colheres (de sopa) de azeite extra virgem
2 tomates (cortados em cubos)
2 cebolas picadas
1 pimentão amarelo
1 pimentão vermelho
1 concha de caldo de legumes
Salsinha
Açúcar
Sal
Pimenta

Preparação:

Em uma panela refogue meia cebola com duas colheres de sopa de azeite, adicione os pimentões picados e cozinhe por 3 minutos. Adicione as alici e o caldo de legumes e cozinhe por mais 3 minutos. Adicione o tomate picado e retire do fogo.
Doure a parte que sobrou das cebolas com mais duas colheres de azeite de oliva, adicione os tomates e o sal, a pimenta, o açúcar e cozinhe por 5 minutos. Coloquem este composto em um liquidificador e bata até ficar liquido. Passe por uma peneira.
Cozinhe os parafusos em água fervente salgada, quando estiver pronta tempere com o molho de pimenta e alici.
Espalhe o molho de tomate no prato,que passou no liquidificador e, acima coloque a massa, decorando com folhas picadas de salsinha.

sexta-feira, 23 de julho de 2010

SOPA FRIA DE ABACATE COM PEPINO E HORTELÃ


Uma receita muito fácil, rápida e diferente...

Ingredientes para 4 pessoas:

4 pepinos (descascados, sem sementes e picados)
2 abacates (descascados e picados)
Um punhado de salsa
Um punhado de folhas frescas de hortelã
1 cebola picada
2 limões (suco)
250 g de iogurte
230 g de água fria
Sal e Pimenta


Preparação:

Adicionar os 7 primeiros ingredientes em um processador de alimentos, e misture até obter um creme bem suave. Continuando a manter o processador ligado, comece a derramar lentamente a deitar água até alcançar a consistência desejada. Acrescente sal e pimenta a gosto. Deixe resfriar na geladeira por meia hora antes de servir.
Uma sugestão: para acompanhar use torradinhas de pão.

PAELLA


Hoje vamos preparar o prato mais típico e famoso da Culinária Espanhola: a Paella.
Existem vários tipos de Paella e com vários ingredientes: com frutos do mar, só de carnes e até só de legumes. Eu proponho talvez a mais clássica: a versão Valenciana...

Ingredientes para 4 pessoas:

250 g de arroz
1 peito de frango
1 cebola
2 dentes de alho
200 g de tomate
200 g de presunto cozido (cortado em duas fatias)
200 g de lingüiça picante
200 g de ervilhas
1 pimentão vermelho
2 abobrinhas
150 g de camarão
200 g de lulas (já limpas)
1,2 l de caldo
1 pacote de açafrão
Suco de 1 limão
Azeite de oliva extra virgem
Sal e Pimenta do reino


Preparação:

Corte o peito de frango em cubos e doure em uma panela grande com três colheres de azeite. Descasque e pique a cebola e o alho. Lave o pimentão, tire as sementes e as partes brancas internas e corte em cubos. Lave e corte abobrinha também em cubos.
Em outra panela frite a carne picada, acrescente o tomate esmagado, deixe ferver por 10 minutos, adicione o pimentão, abobrinha, ervilhas, presunto picado, lingüiça cortada muito fina e a lula. Coloque o sal e a pimenta do reino e cozinhe por 10 minutos. Acrescente o camarão e continue cozinhando por mais 10 minutos. Derrame o arroz na panela acima dos outros ingredientes, sem mexer. Comece a colocar ao pouco o caldo quente e cozinhe por cerca de 20 minutos. Dissolva o açafrão na panela na ultima concha de caldo, tempere com sal e pimenta a gosto. Regar agora com suco de limão e para finalizar coloque a Paella, por 3 minutos no forno. Sirva quente em pratos individuais.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Carne á Tailandesa com massa e pimenta


Ingredientes para 2 pessoas:

250 g de carne de bovino
150 g de macarrão de ovos chineses
2 cebolas
2 pimentas vermelhas
50 g de brotos de feijão
1 colher (de sopa) de caldo de peixe
2 colheres (de chá) de açúcar
1 colher (de sopa) de suco de limão
Molho de soja
Folhas de salsinha picada
Azeite de oliva
Sal

Preparação:

Cozinhe o macarrão em água salgada fervente, seguindo as instruções do pacote, quando pronto passá-lo em água fria, tirara toda a água e deixe secar.
Descasque e lave a cebola, cortada em anéis. Primeiro corte-o ao meio e depois em fatias. Lave as pimentas, tire as sementes e corte também em anéis. Lave os brotos de feijão e os deixe escorrer.
Corte a carne em tiras e faça dourar em uma panela wok com pouco azeite e em fogo alto por cerca de 3 minutos, mexendo constantemente. Retire da panela e mantenha quente.
Coloque na wok um pouco de óleo, adicione os legumes preparados, exceto os brotos de feijão, e cozinhe por 2-3 minutos, mexendo constantemente. Tempere com o caldo de peixe, açúcar, suco de limão e molho de soja. Complete com a massa, a carne e os brotos de feijão e continua mexendo constantemente. Distribua em pratos individuais, polvilhe com folhas de salsinha picada.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Gazpacho


Ingredientes para 4 pessoas:

2 pepinos pequenos
1 kg de tomates maduros
1 abobrinha
1 cenoura
1 pedaço de aipo branco
1 cebola branca
1 maçã amarela
12 rabanetes
1/2 pimentão amarelo
1/2 pimentão verde
1 colher de sopa de molho Tabasco
2 colheres de sopa de vinagre de vinho tinto
50 g de migalhas de pão
1 baguette
1/2 colher de chá de açúcar
sal
pimenta do reino

Preparação:

Descasque o pepino e corte ao meio no comprimento, retire as sementes e polvilhe com sal grosso para que perda a sua água. Deixe repousar por 20 minutos.
Enquanto isso, descasque e corte os tomates ao meio, retire as sementes e bata no mixer. Limpe os pimentões tirando as sementes e as partes brancas do interior e esfarele as migalhas de pão. Lave o pepino e depois seque com papel toalha. Misture todos estes ingredientes com o molho Tabasco, vinagre de vinho tinto, açúcar, uma pitada de sal e dois copos de água gelada. Transfira este composto em uma tigela, misture com os tomates batidos e coloque na geladeira.
Corte em cubos os pimentões, o pepinos, a cenoura, a abobrinha, os rabanetes, a cebola, o aipo e a maçã sem casca. Coloque esses vegetais, combinando-os em pares, de acordo com seu gosto, em taças na geladeira para esfriar com o Gaspacho.
Corte a baguette, polvilhe com pimenta e coloque na grelha do forno 2 minutos de cada lado. Sirva muito frio o Gaspacho em tigelas individuais, acompanhado com as verduras cortadas e as fatias de baguette.


Uma receita simples para uma mulher especial... Buon appetito!

FOLHADO COM FRUTAS VERMELHAS, ABACAXI E CREME INGLESA


Ingredientes

300 g de massa folhada
2 xícaras (de chá) de leite
1 barrinha de baunilha
2 colheres de sopa de açúcar
2 gemas
10 g de amido de milho
1 copo de vinho branco
100 g de morangos
100 g de framboesas
100 g de frutas vermelhas
3 fatias de abacaxi enlatado
2 colheres de sopa de geléia de laranja amarga
Algumas folhas de hortelã, para a decoração final
Manteiga e farinha para o molde

Preparação:

Passe a manteiga e depois um pouco de farinha em uma forma retangular de 12 x 30 cm. Abra a massa com uma espessura de 3-4 mm e forre a forma. Cubra com papel alumínio e encha com feijão seco e cozinhe em forno pré-aquecido a 200 ° C por aproximadamente 35 minutos. Colocar o feijão, serve para tirar a umidade da massa e para que conserve a forma e não desabe. Deixe esfriar no molde, em seguida, retire o alumínio e o feijão.
Entretanto prepare o creme: em uma tigela misture as gemas com uma colher de sopa de leite e amido. Aqueça o leite restante em uma panela junto com o açúcar e a barrinha de baunilha, cortada longitudinalmente. Antes que o leite ferva retire do fogo, tire a baunilha e incorpore a mistura de ovos e amido, despeje lentamente e agite continuamente com um batedor. Leve de novo no fogo até que volte a ferver, mexendo sempre. Despeje o creme acima da nossa massa, que estava ainda na forma. Em uma panela pequena dissolva a geléia de laranja amarga, com um pouco de água e distribua sobre o creme.
Descasque e lave as frutas, passe em uma tigela, onde derramou antes o vinho. Escorra as frutas e as coloque sobre a camada de creme, desenhando uma seção separada para cada uma delas. Termine com uma fileira de pequenos pedaços de abacaxi. Decore com folhas de hortelã.
Esta sobremesa poderá ser saboreada ainda morna ou depois de ser resfriada na geladeira.

segunda-feira, 19 de julho de 2010

... falando de CARNE


Eu sou um "bicho" carnívoro, e como tal adoro as carnes brasileiras, de excelente qualidade e muito mais baratas que na Europa. Hoje então vamos falar um pouco sobre os principais cortes das carnes bovinas e as características relativas, como também algumas dicas para o preparo.

Filé Mignon
é um corte caro e macio. Talvez não seja tão saboroso como a fraldinha e a maminha, mas impressiona sempre quando você servir para os seus convidados. Para diversas opções de pratos, pode ser servido em cortes: do miolo sae o chateaubriand; das pontas vem os medalhões e os tornedores; os escalopes, os paillards e as tiras para estrogonofe são retirados no final. Uma peça tem cerca de 2 quilos e fica no traseiro do boi, de onde vem também a picanha, o contrafilé e a alcatra. O Filé Mignon é uma carne para frigideira para ser selada e consumida ao ponto. Na brasa fica seca e sem sabor. Em 100 g. de carne são 7 g. de gordura e 150 calorias. Para preparar, você vai precisar de uma frigideira. Aqueça em fogo médio, caso contrario sua carne poderá tostar antes de ficar no ponto. Adicione 1 fio de azeite extra virgem e distribua os bifes na frigideira. Salpique sal no lado que estiver para cima. Vire apos a carne se desgrudar do fundo. Sele outro lado da carne em menos tempo que o primeiro. O ponto certo será quando sair um suco vermelho do filé. Se esse suco for claro, significa que está bem passado.

Contrafilé
é o típico "bife de ancho" corte típico da gastronomia argentina. Chamado de "noix" ou "entrecote"em frances, ou de "prime rib" em ingles. O corte é retirado das cinco primeras vértebras do boi. Com um conteúdo médio de gordura de 4.5% o Contrafilé tem um bom equilíbrio de sabor e textura, entre a alcatra e o filé Mignon. Deve ser preparado lentamente e por mais tempo que as outras carnes para que a gordura possa derreter e liberar o máximo de sabor. O ideal é servir entre o "malpassado" e o "ao ponto". Para preparar, antes de assar, tempere a carne com sal. Para cada quilo utilize cerca 25 gramas. Corte os bifes pouco antes do preparo. Coloque sobre uma grelha quente, a uma distancia de cerca 15 e 30 centímetros da brasa vermelhas. Quando na carne começar a borbulhar o sangue, deve ser virada. Outro lado ficará depois pronto em cerca 3 minutos.

Costela
com 12 gramas de gordura, por 100 g de carne, prepara-se para queimar as calorias depois de saborear este pedaço. Mas compensa a quantidade de ferro que manda energia extra para seus músculos. Prefira sempre as 8 ultimas tiras da costela do boi, pois são mais gordas, com a carne mais macia e, portanto as mais cobiçadas pelos churrasqueiros. Tempere a peça com 1 punhado de sal grosso e bata com uma faca para retirar o excesso. A carne exige fogo baixo para atingir a maciez. Deixe-a a uma distancia de pelo menos 20 cm. das brasas.

Picanha
encontrada nos supermercados em um corte triangular, é coberta por uma generosa capa de gordura, o que confere maciez e suculência à carne. Mais tenra e vermelha do que as outras carnes, fica ma parte superior da traseira do boi. Para peças inteiras tempere com um punhado de sal grosso. Em postas, sal fino dos dois lados. Se for preparar files use a grelha. Deixe o espeto só para as peças. Isso garante o ponto certo e a suculência à carne. No fogo, espere cerca de 8 minutos para os files e 45 minutos para a peça inteira. No espeto, ponha a picanha a uma distancia de 40 centímetros da brasa e com a gordura para cima por meia hora.

Alcatra
não se trata de uma carne nobre, mas é saborosa, desde que seja bem marmorizada com gordura. É dela que sai o baby beef. Suas propriedades nutritivas são reforçadas pelo fato de a carne ter recebido maior fluxo sanguíneo, graças a sua localização no boi, próximo ao músculo de impulsão. Com um corte chamado de "borboleta" você transforma um pedaço pequeno e grosso em um maior e achatado. Coloque o bife em uma superfície plana com a fibra na horizontal. Com uma faca afiada, corte sobre a fibra, até a metade da largura do bife. Abra a carne para fora do corte para que ela fique com um novo lado, com a fibra na vertical. Antes de grelhar, passe levemente o bife em um azeite temperado.

Fraldinha
um corte magro, com fibras grossas e espessura irregular, fica bem na brasa, na panela frito, em bifes e até moído. Mas atenção que é um pedaço traiçoeiro: em poucos segundos pode passar do ponto e ressecar.

Maminha
prima do filé Mignon, é uma carne magra e de sabor suave. Melhor levar a peça inteira á grelha, longe do fogo. Também pode ser assada com manteiga e mostarda. Deve ser consumida em fatias finas.

Patinho
localizado na parte traseira, junto ao fêmur do boi, o corte tem pouca gordura. Quando moído pode virar hambúrgueres, quibes, steak tartar e croquetes. Também rende bons bifes.

Cupim
localizado atrás do pescoço dos bois de raça zebuína, o corte é a soma de fibras musculares e gordura, bastante gordura. Deve ser cozido lentamente, o que deixará a carne desmanchando.

SALMÃO COM GERGELIM


Ingredientes (para 6 porções):

1 xícara (de chá) de gergelim
6 files de salmão
Sal e pimenta do reino
200 g de creme de leite
1/2 copo de vinho branco seco
1 xícara (de chá) de folhas de espinafres
1 xícara (de chá) de folhas agrião
4 colheres (de sopa) de manteiga
2 colheres (de sopa) de óleo
1 cebola picada

Preparação:

Iniciamos com o molho que acompanhará o nosso prato. Ferva o vinho com a cebola em fogo alto por 5 minutos. Adicione o creme de leite e ferva mais 10 minutos até engrossar. Ponha no liquidificador, junte o espinafre, o agrião e bata bem. Adicione a manteiga e continue até que o molho fique bem homogêneo. Tempere com sal e pimenta. Reserve.
Tempere os files de salmão com sal e pimenta e, depois passe no gergelim. Aqueça o óleo em fogo médio e frite os files por cerca de 3 minutos de cada lado até dourar.
Distribua o molho no prato e coloque o filé de salmão acima.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

FETTUCCINE ALFREDO


O termo fettuccine significa o diminutivo plural da palavra fettuccia, isto é, massa de farinha e ovos, em tiras largas e finas. Alfredo é o cozinheiro e dono do restaurante de mesmo nome que teria inventado e difundido esta receita, simples, mas saborosa e conhecida no mundo inteiro.


Ingredientes

400 g de fettuccine
250 g de creme de leite
100 g de queijo parmesão ralado
60 g de manteiga
sal e pimenta branca moída a gosto


Preparaçao

Leve a massa para cozinhar, normalmente, em água salgada.
Cerca de dois minutos antes de terminar o cozimento, retire a massa, escorra-a e coloque-a novamente na panela do cozimento. Coloque o creme de leite, um pouco de sal e pimenta branca e termine o cozimento. Desligue o fogo, acrescente a manteiga e o parmesão e sirva imediatamente.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

RISOTTO COM MORANGOS E CHAMPAGNE


Ingredientes

350 gr. de Arroz Arborio (para risotto)
200 gr. de Morangos + 4 para a decoração final
40 gr. de manteiga
Caldo de legumes
Um copo de Champagne
Sal e Azeite de Oliva

Preparação

Lavar os morangos e cortar em cubinhos.
Preparar um caldo vegetal.
Colocar em uma panela um pouco de azeite de oliva e acrescentar o arroz até que comece a dourar.
Acrescentar o copo de Champagne e deixe evaporar. Colocar o caldo, devagar com uma concha e continuar a mexer o arroz. Quando o nosso arroz começar a absorver todo o caldo poderemos acrescentar mais uma concha. Continuar assim por cerca 15 minutos de cozimento. É importante continuar a mexer sempre o Risotto.
Neste momento acrescentar os morangos e continuar a mexer por mais 5 minutos.
Tirar do fogo e colocar a manteiga mexendo até que seja totalmente derretida.
Sirva decorando o seu prato com os morangos.

quinta-feira, 1 de julho de 2010

CANNOLI SICILIANI (Canudos á Siciliana)


Iniciamos este mês de julho com esta receita que talvez seja a sobremesa mais típicas da Sicília, uma região do sul da Itália.

Ingredientes para 12 Cannoli:

Para a massa
120 g de farinha
10 g de manteiga
15 g de açúcar refinado
Meio copo de vinho Marsala (vinho doce típico italiano) ou Vinho do Porto

Para o recheio
400 g de ricota fresca
120 g de açúcar
60 g de frutas cristalizadas mistas
90 g de chocolate amargo picado
Um branco de um ovo ligeiramente batido

Preparação

Formar com a farinha peneirada um pequeno vulcão. Coloque a manteiga em pedacinhos no centro, adicione o açúcar e aos poucos o Marsala. Comece a trabalhar a massa. Quando estiver homogênea, forme uma bola e deixe descansar, cobrindo com uma tigela ou uma toalha.
Pegue a ricota e passando por uma peneira ou simplesmente manipulando com uma colher de pau obtenha um creme. Misture as frutas cristalizadas, com o açúcar e os flocos de chocolate. Guarde na geladeira.
Pegue a massa e, em seguida, com um rolo de madeira comece a trabalhá-la obtendo uma camada muito fina. Se ajude com um pouco de farinha, para não grudar. Em seguida, corte a massa em quadrados de 10 cm. Pegue cada quadrado e enrole ao redor de um tubo de metal (especifico para cozinhar). Use a clara de ovo para fixar a borda superior do quadrado. Agora, aqueça o óleo em uma panela grande e frite até que os cannoli fiquem dourados. Escorra e sem queimar as mãos tire o canudo de metal. Enche cada um com o recheio que estava aguardando na geladeira. Decore as 2 extremidades com duas meias cerejas cristalizadas. Disponha os cannoli em um prato e polvilhe com açúcar de confeiteiro.
Podemos também fazer os cannoli com um recheio todo branco, será suficiente não colocar o chocolate no composto. Teremos assim um visual mais bonito e sabores diferentes...